tv   / Opinião

Boni critica a Globo após demissão de veteranos

Diretor de TV deu sua opinião sincera sobre cortes: 'Jamais poderiam ir embora'

Redação Mais Novela Publicado domingo 18 outubro, 2020

Diretor de TV deu sua opinião sincera sobre cortes: 'Jamais poderiam ir embora'
José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni - Globo / Ramón Vasconcelos

O diretor de TV José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, deu a sua opinião sobre as demissões de artistas veteranos da Globo nos últimos tempos, como Tarcísio Meira e Gloria Menezes. Em conversa com Cátia Fonseca no programa Do Bom e do Melhor, da Rádio Bandeirantes, ele contou que os artistas que estavam há muito tempo na casa não deveriam ser considerados apenas como talentos, mas como sócios.

“Não considero essas pessoas contratadas da Globo, eu considero sócios, investidores. Essas pessoas jamais poderiam ir embora porque você pode encerrar um contrato, mas não pode demitir o teu sócio. Eles são investidores da TV Globo, não contratados”, afirmou.

E ele defendeu a sua ideia: “Não é a TV Globo inteira, mas tem umas dez, quinze pessoas ali que teriam que ser mantidas para o resto da vida porque eles não foram lá por dinheiro. Eles acreditaram numa ideia. Então, são responsáveis pela construção da TV Globo. Eles não foram contratados pela TV Globo porque não havia dinheiro. A TV tinha praticamente ido quase à falência, Dr. Roberto Marinho teve que empenhar tudo o que tinha na vida dele para recuperar os prejuízos iniciais”.

Boni ainda foi questionado sobre o universo corporativo estar tornando a TV 'mais fria' em suas relações e voltou a dar a sua opinião sobre o assunto. “A gente tem que imaginar que o mundo todo caminha para essa frieza, o que é uma pena, eu lamento muito. Mas a televisão é um negócio como outro qualquer, existe para ganhar dinheiro”, declarou.

Último acesso: 21 Oct 2020 - 06:50:47 (1061212).