novelas   / Trajetória de sucesso

Taís Araújo entrega momento difícil da carreira: 'Foi a Helena'

Atriz relembra momento de virada na profissão e revela o que falta fazer: 'Uma vilã'

Redação Mais Novela Publicado terça 30 junho, 2020

Atriz relembra momento de virada na profissão e revela o que falta fazer: 'Uma vilã'
Taís Araújo - Globo / Estevam Avellar

A atriz Taís Araújo relembrou momentos de sua carreira durante uma live no Instagram de Mais Novela na tarde desta terça-feira, 30/06. Ela contou mais sobre a necessidade de interromper as gravações da novela Amor de Mãe, da Globo, entregou um momento difícil de sua carreira e também revelou do que sente falta em sua trajetória na TV.

Na live, Taís Araújo foi questionada sobre qual foi o momento mais difícil de sua carreira e disse que foi na época da personagem Helena, na novela Viver a Vida, de Manoel Carlos. Na época, ela sofreu muitas críticas. No entanto, a estrela confessa que fazer esse trabalho foi um divisor de águas em sua carreira. Isso porque, a partir da Helena, ela conseguiu se conhecer melhor como atriz.

“[Um momento mais difícil] acho que foi a Helena. Tinha uma coisa emocional, forte. Aquilo me fez ter que olhar para que tipo de atriz que eu queria ser. Eu não posso desconsiderar a importância dela na minha vida. O que não deu certo foi por vários motivos, eu inclusive, a qualidade do papel, a minha estabilidade emocional. Eu tenho vontade de ver a novela de novo para saber se tudo o que sofri ali valeu a pena. Acho que não era para eu ter sofrido tudo o que sofri ali”, contou ela, que ainda completou: “Lembro de uma quantidade enorme de meninas que falam o quanto era importante a minha presença ali, a protagonista com o cabelo crespo no horário das 21h. Se eu não tivesse vivido aquela história, eu não teria repensado a minha carreira”.

Além disso, Taís contou que já viveu diferentes personagens em sua vida, mas falta uma cereja do bolo. “Falta fazer uma vilã. Eu acho que falta fazer uma vilã daquela das 21h, boa, sabe? Falta muita coisa ainda, isso é o bom dessa carreira. Enquanto você está tratando de ser humano, não tem limite, as pessoas são múltiplas, são muitas, isso é a melhor coisa da profissão de atriz”, refletiu.

Para finalizar, a atriz contou mais sobre a novela Amor de Mãe, da Globo. Ela defendeu a personagem Vitória, que está em busca de sua redenção. “As pessoas amavam e odiavam a Vitória no Twitter. A Manuela Dias [autora] escrevia uma cena da Vitoria sendo muito esquisita, e na outra sendo muito amorosa com o filho. As pessoas ficavam sem entender, é pra eu gostar ou não dela?”, brincou e completou: “Vitoria está em um caminho bonito. São muitos erros. Mas ela está tendo a chance de redenção através da maternidade, o que é bonito. As pessoas erram e que bom que tem a chance de olhar os erros e tentar uma vida nova, com novos valores”.

Entretanto, as gravações da novela foram paralisadas em março e ainda não retomaram. Com isso, a atriz relembrou como foi receber a notícia de que ficaria um tempo longe dos estúdios. “Foi uma parada muito brusca de tudo, eu estava em um ritmo muito celerado. Mas quando você olha para o lado, está todo mundo igual. A gente tomou a atitude certa, a gente parou porque tinha que parar. Está demorando para voltar, eu já queria ter voltado. Não sei quando a gente vai voltar, mas a gente vai voltar pra rua, pro trabalho”, afirmou ela, que ainda enfatizou: “Não fiquei feliz de parar”.

Último acesso: 12 Jul 2020 - 22:56:24 (1056864).